As possibilidades da economia na Internet de Todas as Coisas

Por John Chambers, presidente mundial da Cisco

Image

A única constante é a mudança – e as empresas que não mudam ficam para trás. Minha perspectiva é que o melhor é aceitar a mudança como inevitável – abraçá-la, guiá-la e usá-la para moldar os resultados desejados. Como já discutido anteriormente, muitas das tendências atuais – o que eu chamo de transições de mercado – estão afluindo para a Internet de Todas as Coisas, a conexão inteligente de pessoas, processos, dados, e outras coisas.

A inovação rompedora alimenta o surgimento da Internet de Todas as Coisas. Participei do Fórum Econômico Mundial recentemente e grande parte das discussões em Davos era focada em inovação. Na Cisco, acreditamos que o mundo está mais inovador do que nunca, e isso é reforçado em nossas contínuas discussões  com muitos líderes de negócios e tecnologia. 

Em um esforço para melhor compreender o alcance da oportunidade para nossos clientes apresentada pela conectividade crescente, a Cisco realizou uma análise sobre o impacto econômico potencial  da Internet de Todas as Coisas, cujos resultados estamos lançando agora. Nossa análise indica que há 14.4 trilhões de dólares de potencial econômico em jogo para empresas globais do setor privado na próxima década, como resultado do surgimento da Internet de Todas as Coisas.

Definimos o valor potencial como uma combinação do novo valor econômico líquido, criado como resultado da Internet de Todas as Coisas, bem como o valor que será migrado de empresas e indústrias defasadas para aquelas que tiram proveito de inovações – descontando o custo de implementação. Com base em nossa análise, a Internet de Todas as Coisas tem o potencial de aumentar os lucros das empresas globais em cerca de 21% no total durante os próximos 10 anos.

Acredito que as empresas e indústrias que rapidamente aproveitarem as vantagens da Internet de Todas as Coisas serão recompensadas com uma fatia maior dessa crescente rentabilidade. Isso vai acontecer em detrimento dos que esperarem ou não se adaptarem efetivamente. É por isso que o valor “em jogo” é para quem verdadeiramente agarrá-lo.

Nossa análise econômica utiliza uma abordagem “de baixo para cima” nos casos usados em que os dados estão disponíveis, ao contrário de uma aboradagem “de cima para baixo “, que depende fortemente de pressupostos amplos em termos de melhoria de produtividade e crescimento do PIB. Alguns dos casos usados, como a adoção de tecnologias de colaboração e de trabalho remoto funcionam para todos os setores, enquanto outros são específicos de uma determinada indústria.

É importante ter em mente que esta análise se concentra exclusivamente sobre o valor em jogo para as empresas do setor privado em todo o mundo. Quando, em cima disto, se incluem os benefícios sociais para os cidadãos, comunidades e países, bem como benefícios para os consumidores, pode-se ter uma idéia do potencial da Internet de Todas as Coisas para permitir uma melhor qualidade de vida, experiências mais ricas, novas capacidades e crescimento do valor econômico.

Estamos comprometidos em entender como este aumento da conectividade vai afetar nossos clientes. Começamos com esta análise econômica sobre a oportunidade de negócio global durante a próxima década. Vamos continuar com pesquisas adicionais que ainda este ano irão fornecer insights sobre o estado atual da conexão entre as empresas em todo o mundo em 2013. Esta informação irá permitir que as empresas líderes mensurem o progresso que estão realizando para capturar sua parte deste valor potencial de 14,4 trilhões de dólares em jogo.

Junto com esta grande oportunidade, o surgimento da Internet de Todas as Coisas apresentará desafios tecnológicos, de processo, organizacionais, de regulamentação, culturais, entre outros. Precisamos resolvê-los coletivamente porque os benefícios de uma maior conectividade, para as empresas e para a sociedade, superam muito estes desafios. Também precisamos trabalhar para proteger a privacidade e a segurança das pessoas e de organizações de todos os tipos, dando-lhes o poder de escolher e controlar a forma como sua informação é compartilhada. Precisamos reinventar a educação e treinamento para atender às novas necessidades do nosso mundo.

A mudança é inevitável e incerta – ela envolve coragem e inovação. A Cisco está empenhada em mudar não só a forma como o mundo vive, trabalha, se diverte e aprende, mas para mudá-lo para melhor.

(Nota do Editor: Mais detalhes sobre a metodologia utilizada na análise, os cases incluídos, e a divisão do valor em jogo por áreas de geografia, indústria, e foco dos negócios – tais como melhoria da experiência dos clientes ou melhoria da produtividade e utilização de ativos – encontram-se no relatório integral e nosso documento de “Perguntas Frequentes”. Informações adicionais sobre os esforços da Cisco na “Internet de Todas as Coisas” podem ser encontradas aqui.)

Acerca de Felipe Lamus
Gerente de Relaciones Publicas, Cisco Latinoamerica

Deja un comentario

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

Seguir

Recibe cada nueva publicación en tu buzón de correo electrónico.

Únete a otros 45 seguidores

%d personas les gusta esto: